quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Por que minha música não soa bem nas caixas padrões de um computador?

Como descrevo sempre aqui, pessoas que possuem estúdios caseiros ou pequenos estúdios, não contam (com raras exceções) de equipamentos do tipo A/D (conversor analógico para digital) ou ainda coisas sofisticadas como “isolamento acústico” ou uma sala branca para masterização. A medida que vamos comprando os equipamentos, vemos que muitas coisas que tínhamos como teoria começam a mudar. O meu maior baque foi quando escutei minhas gravações que tinha feito antes num monitor de referencia profissional. Havia exagero de tudo. Porém, sem dúvida nada me causa ainda mais transtorno do que ouvir minhas músicas e de outros músicos numa caixa simples de computador. Antes de sair explicando “por isso acontece” vou lhes contar a “tortura psicológica” que isso nos causa. Pra começar, muita gente “gasta uma nota” ferrenha num estúdio para gravar sua demo ou o 1º CD. Ela soa linda e maravilhosa no estúdio, no seu aparelho de som e no seu carro. Quando você coloca a mesma num computador com “caixas simples” para mostrar pra alguém, percebe que sua música não é a mesa e sempre algo está “forte demais”: ou é a voz, ou é a guitarra, ou é os sopros, ou os xipos ou outra coisa e pior de tudo: a ausência total de efeitos como o “delay” e o reverb. Já pesquisei na internet sobre esse “fenômeno” com algumas “plausíveis” explicações. Conversei com o produtor Paulo Assis, e o mesmo disse que isso geralmente é a falta de “força” dos médios entre 400 Hz a 2 kHz", ou ainda o excesso dos mesmos. O problema que quando nossa música não está preparada para tocar nessas “caixas” você pode correr o risco de tentar provar que a mesma é boa. A tabela abaixo mostra o que a maioria do ouvinte tem no seu computador para escutar suas música:

1) Caixas de som de monitores de plasma tem o alcance médio de 100 Hz a 12 kHz
2) Caixas de som normais (essas que todo mundo tem) tem o alcance de 80 Hz a 15 kHz
3) A maioria dos fones de ouvidos grande tem o alcance de 20 Hz a 20 kHz porém sem nenhuma resposta a dinâmica.


Como resolver isso?

1)Primeiramente você tem que fazer uma masterização, porque a mixagem não irá resolver esse “conflito”.
2)Procure usar um compressor multibanda para você baixar todas as freqüências igualmente.
3) Você precisará de um equalizador linear para criar um brick wall.
4)Se precisar, você terá que criar uma “ambiência” artificial com algum reverb.

Resolvendo:
1)Coloque a seguinte ordem: Eq linear => Compressor Multibanda => Limiter
2) Com o EQ linear corte primeira mente tudo abaixo de 100hz e acima de 12 kHz..
3) Com o compressor multibanda tente aumentar ou diminuir as freqüências médias e médias altas (400 Hz a 6 kHz). Tudo depende o caso
4)Mantenha com o limiter um som audível sem exceção de compressão. Algo tem torno de 6:1.

Observações
A)Escute sempre o que você anda fazendo! Se você ver que sua a versão para as caixas de computador está soando bem nelas mas diferentes nas outras você tem duas soluções: o continuar “mexendo” até resolver o problema ou fazer uma versão exclusiva para computador.

B)Tente mixar tudo ao mesmo tempo: nas caixas do computador e nos monitores de referências.

C)Com um Analyser veja se as freqüências não estão chegando perto demais de +6 dB. Isso quer dizer que sua música está “forte demais”.

D) Cuidado para não “polir” os graves com ajustes abaixo de 100 Hz.

Lições do passado

Ultimamente ando ouvido muitas músicas dos anos 70 (de 1976 em diante) e o New age dos anos 80. E uma coisa que percebo que elas rodam “perfeitamente” em caixas de computador normal. Um detalhes é que elas não tem tanta “força” como tem as músicas de hoje em dia (são compressadas de maneira para não soar alto) e que a maioria dos graves ficam em torno de 80 – 100 Hz. Procure ouvir músicas dessa época e compare com as gravações atuais e veja como elas soam melhor nessas caixas de som fracas.

Abraços!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acreditamos sempre na liberdade de expressão e na troca de ideias!
Por favor pense antes de comentar!
Se está com alguma dificuldade coloque o e-mail para podemos responder com mais clareza! Abraços! Ótimas Gravações!