sexta-feira, 20 de maio de 2011

Gravação: como aterrar seus equipamentos e acabar com os Ruídos elétricos

Hoje, teremos uma aula sobre eletricidade. Parece até besteira (afinal esse blog trata de música e não de energia) porém esse é o principal causador de ruídos e tormento dos home studio e estúdios pequenos. Quanto a isso, não é muito o que fazer pois tudo já foi falado nesta postagem porém o que vou falar mais será mais voltado ao aterramento do seu computador e do seu equipamento.

Por que aterramos?
Muita gente irá ter falar que você não precisa aterrar um equipamento nem seu computador pois isso dificilmente danifica o equipamento. Porém se você tiver um pico de luz do nada, corre o risco de queimar alguma peça! Isso é porque a energia tem que se “dispersar” em algum lugar. Se você tiver um terra ela irá se dispersar no chão, mas se não tiver? Advinha: no seu equipamento! Mas não é só isso, equipamentos não aterrados podem dar choques e principalmente dar ruídos elétricos! Os ruídos elétricos não são percebidos até -16 dB, porém como você tem que gravar perto de – 3 dB, eles vêm a tona.

Quais freqüências que a falta de aterramento atinge?
Os locais não aterrados atingem diretamente as freqüências médias de 320 Hz a 4 kHz, justamente onde a música precisa ter mais força! Existem plugins especializados em tirar ruídos elétricos, mas eles só funcionam entre 20 – 250 Hz ou 6 – 20 kHz.
Geralmente isso é o que mais incomoda quando gravamos guitarras distorcidas e a voz, ruídos sem explicação. Como já falei antes, o “noise gate” apenas retém o ruído antes do som ser tocado. Quando se toca um som e o mesmo sai com ruído pode ser um problema!

Como aterrar?
Primeiramente, se você acha que não consegue chame um eletricista e peça para ele fazer! Porque com isso não se brinca! Quem achar que pode, basta seguir os passos.

ATENÇÃO DESLIGUE O CONTADOR GERAL DA LUZ ANTES DE MEXER COM ELETRICIDADE!

Itens necessários (clique nos links)

Haste de cobre Uma haste de cobre (ou mais dependendo seu projeto) de 2,70 a 3,00 metros.

Fio(s) de cobre Fio de cobre de 2,5 mm (tem que ser da expesurra do encaixe da tomada)!! Entre 3 metros e 10 metros (depende onde você vai colocar o aterramento)

Eletroduto para proteger o cabo do fio de terra. Ele deve ter o mesmo tamanho do fio de cobre.

Tomada de 3 pontas ou Tomada de 3 pontas novo padrão (se sua tomada for nova e seu equipamento usar o padrão de 3 pinos universal é necessário um adaptador de confiança)


Montando o aterramento (clique na figura para ampliar)

1)A barra de cobre é enterrada numa vala ou num buraco de acordo com seu comprimento. Ela tem que ser direto na terra, não chumbe (colocar cimento) e se precisar apenas sal grosso/sulfato de magnésio/sulfato de cobre ou areia grossa com carvão vegetal moído (compactado como um cimento com água salgada), caso o seu terreno seja “alcalino” ou humido demais. O fio de cobre deve ser colocado na barra parafusando ou soldando.

2)Você deve fazer uma “caixa” com madeira ou cimento e até mesmo um pote metálico ou plástico, para ter acesso a ponta da barra de cobre. Ele pode ficar cerca de 30 cm em cima da barra. Um cano bem colocado também resolve.

3)Coloque o tubo para proteger o fio do cobre até a tomada.

4)Faça um furo com uma broca que atravesse sua parede. Cuidado para não ter canos (água ou fios elétricos) próximos!!!

5)O neutro deve ser colocado no meio, o negativo a esquerda e o positivo a direita. Para ter certeza que qual o negativo e o positivo de sua rede, use uma chave teste.

A figura abaixo mostra a montagem de alguns sistemas de aterramento eficazes:
(Sempre separados por 3 metros cada um)


















Pronto! Espero que acabe de uma vez com os ruídos indesejáveis de sua gravação!!!


Ótimo fim de semana!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acreditamos sempre na liberdade de expressão e na troca de ideias!
Por favor pense antes de comentar!
Se está com alguma dificuldade coloque o e-mail para podemos responder com mais clareza! Abraços! Ótimas Gravações!