quarta-feira, 6 de abril de 2011

Produção: a vez do clipe

Ontem no meu outro blog postei algo sobre ter Milhões de amigos como a sensação do momento Rebbeca Black. Como já havia comentado numa postagem muitos estão partindo direto para o DVD do que para um CD ( relembre aqui ). Até aí nenhuma novidade, pois isso desde que a criação do “you tube” todos estão fazendo. Mas você parou para analisar, qual o(s) vídeo(s) de artistas independentes que fazem mais sucesso? Bom eu andei vendo e revendo e achei umas semelhanças entre eles que podem te ajudar a fazer o seu próximo clipe.

1)Ter amigos e fãs
Muitas vezes, não importa a qualidade do clipe. O que importa é número de visitas, se gostaram ou não. Quando há isso, o clipe (bom ou ruim) vai direto para os mais “acessados” do “you tube” e a única maneira de fazer isso ainda é a maneira antiga: pedir para os amigos verem o maior número de vezes e pedirem para que os outros façam a mesma coisa.

2)Ter algo que chame atenção no clipe
Quando tem alguma coisa que chama atenção no clipe (logo no início) desperta a curiosidades das pessoas vê-las. E o que chama atenção? Pode ser alguma cena, figura, um apelo. Na maioria do vídeos com bastante acesso, geralmente a alguma figura que chame atenção (quando não são indicados).

3)História
Todo clipe com história é muito melhor do que algo tipo show. Essa história de a banda cantando a música como num show sem história é muito anos 80. O barato hoje é dar uma história ao clipe, como aconteceu com Friday. Muitas pessoas se identificam com a história do clipe porque ela dará significado a história da música e com certeza vão lembrar de algo que aconteceu ou está acontecendo.

4)Câmeras múltiplas
Nenhuma novidade, vídeos como do Mr.guitarman faz isso:começa tocando um instrumento, e deixa na tela, toca outro instrumento e também bota na tela, assim por diante. O que não vi ainda é uma banda/artista fazer isso e colocar uma história em cima. Vai a dica.

5)Usar filmes, vídeos e imagens
Bom, quando não se tem dinheiro, ou não tem muito tempo para fazer clipe, como divulgação muita gente pega um filme ou pedaços de filme e coloca a música em cima.
Alguns ficam legais, mais outro muito piegas. O problema aqui em usar imagens de filmes ou outros sites é o “direito autoral”. Apesar de não ser correto, use sempre a regra básica da internet: informe o “site de origem” das imagens/vídeos. De preferência também o autor. Porém isso não garante nada que seu vídeo ficará no ar quando passar pela filtragem do site.

Ok! Você nunca fez um vídeo! Então comece pela escola mais primária que tem na sua casa! PROGRAMAS/MOVIE MAKER ! Pode parecer simples, mas há clipes que você vê que nem imagine que o autor só usou só isso! Quando você aprende a dominar ele (que não é muito difícil) poderá a passar para outro programa. Os 2 mais famosos são:

Sony Vegas – Muito fácil de operar (assim como o áudio) com resultados muitos bons. Apesar de fazer muitos “efeitos especiais” dá para fazer muitas “camadas” fazendo resultados ótimos.

Adobe Premier Pro – Outro que é fácil de operar. Ao contrário do vegas, aqui você pode usar recursos do photo shop (mask, layer) e fazer coisas muito legais!


Existem muitos programas! Aqui você poderá baixar, testar um com certeza que irá se adaptar!!!

Ótimas produções!!!Ótimos clipes!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acreditamos sempre na liberdade de expressão e na troca de ideias!
Por favor pense antes de comentar!
Se está com alguma dificuldade coloque o e-mail para podemos responder com mais clareza! Abraços! Ótimas Gravações!