quinta-feira, 26 de maio de 2011

Gravação: Fazendo um "estéreo a la KH" parte 1

Hoje convido a você fazer um outro tipo de gravação! Gravar em dois canais usando timbres ou sons diferentes! Esse tipo de gravação utilizo muito dá um excelente resultado para seu som!!!
Vamos supor que você esteja gravando um vocal. Porque gastar tempo vendo se ele vai ficar bom com um equalização X e outra Y? Ou ainda, será melhor colocar reverb ou delay? Vamos supor que esteja gravando uma guitarra: que tal gravar usando num canal o amplificador com microfone e no outro em linha uma pedaleira e ver o resultado que fica melhor? Você está gravando um teclado, que tal gravar dois timbres simultaneamente e decidir qual deles ficou bom para música? Vamos aprender isso duas postagens!!!

Só um detalhe: preste bastante atenção nos esquemas dessa montagem! Pois são cruciais no processo final!!!

Como funciona?
Primeiramente, você tem que ver qual a entrada da sua placa, e que tipo de plugin ela aceita. A maioria das placas simples de som é o plugin P1 (o banana pequeno), já nas placas de som mais profissionais é entrada RCA. Você tem que ver que tipo é a sua entrada, lembrando que se usar apenas um plugin, ele tem que ser estéreo e se usar 2 monos ambos devem entrar separadamente em cada entrada.

Existem 3 maneiras de fazer isso:

1)Com cabo Y
Primeiramente você terá que dividir som, para que o mesmo vá para os canais direito e esquerdo separados. O primeiro esquema é utilização de Cabo Y para usar tanto na entrada como na saída.

Esse é um “cabo Y” e existe vários tipos (clique aqui para ver ) e você tem que achar o qual cabe na entrada da sua placa de som. Já para o instrumento a maioria das entradas é P10 (o plug banana) porém os microfones são sempre entrada balanceadas (3 pinos) e um cabo Y (1 balançeado + 2 P10) só fazendo mesmo. Abaixo você confere as conexões com cabo Y:




(clique para ampliar)



Porém, se você tiver um instrumento como um teclado que tem duas saídas separadas (direita/esquerda) basta apenas colocar cabos simples, deixando o cabo Y somente para placa de som:


(clique para ampliar)


Para o microfone, a melhor solução é montar um “dividor de instrumento” Para fazer com que cada canal entre com um som diferente na sua placa de som (entra 1 sai 2)
ou seja, o instrumento entra por um entrada e sai por duas saídas. Você terá que montar, basta seguir o projeto abaixo:





(Clique para ampliar)













O esquema aqui é bem simples: 1 jack para entrada e 2 para saída!
Assim você pode colocar sem problemas o microfone ou outro instrumento:


(Clique para ampliar)




2)Com a mesa de som
A ligação com a mesa de som é a mais fácil que tem, porque basta colocar as duas saídas do cabo Y/divisor em duas entradas na mesa. Na mesa, você pega o botão “pan” e colocar um totalmente no L (esquerdo) e outro totalmente no R (right), depois gravar separado.



(Clique para ampliar)




3)Ligação com direct Box
A ligação com diect box também é simples, porém se você ligar somente o direct box você precisará de um cabo Y espescial (entra 2 baleançadas e sai um P1 ou dois RCA)





(Clique para ampliar)




4)Outros esquemas de ligação
Dá para fazer vários processos de ligação sempre respeitando a regra do In/Out (entrada/saída) o que importa é que no final da cadeia, você consiga um som estéreo com os canais separados e com sons diferentes!!!

Na próxima postagem, falaremos como isso funciona em sua gravação!!

Abraços!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acreditamos sempre na liberdade de expressão e na troca de ideias!
Por favor pense antes de comentar!
Se está com alguma dificuldade coloque o e-mail para podemos responder com mais clareza! Abraços! Ótimas Gravações!