quarta-feira, 2 de março de 2011

Mixagem: juntando duas ou mais pistas com um "render"

Salve!
Para quem não sabe, “render” é o ato de juntar duas pistas diferentes (com seus respectivos AUX) porém essa função tem nomes diferentes dependendo a DAW que você usa:

No Vegas e No Acid é “render”
No Sonar é “bounce to clips”
No Cubase é “mixerdown”
No Logic é “bounce”

O problema é que juntar “tudo num bolo” pode ficar “sem dinâmica” e ainda “fora de fase” e muitos aux não casam, seja em matéria de equalização, pan e timbre, por isso geralmente se faz um “render” de um auxiliar que tem instrumentos em comum (como por exemplo a bateria). Nas questões abaixo falaremos um pouco mais sobre “render”

1)Vale a pena juntar pistas?
Depende do caso. Muitas vezes aqueles instrumentos que não estão casando podem casar unindo os mesmo (isso porque há uma junção no campo estéreo) e outras vezes não porque saem da fase. O render é mais usado mesmo para limpar um pouco o processamento da CPU, pois quanto menos pistas rodar mais rápido o computador irá processar.

2)Mono ou estéreo?
Quando se faz render você pode converter uma pista em mono para mono e uma estéreo para estéreo sem problemas. Podemos até converte uma pista estéreo em mono ou mono para estéreo. Porém não é aconselhável “unir duas pistas com pan em posições diferentes” (não importando se mono ou estéreo) que em mono! Isso é simples: se uma pista estiver um pan em 100% para esquerda (0) e 100% para direita (127) e converter em mono, você irá criar um mono esquisito (sem brilho) pois o som que você vai obter é o mesmo que tivesse deixado as duas pistas no centro. Sempre “respeite” o formato do som para evitar “desagradáveis” supresas. Depois da conversão, procure deixar a pista um pouco para direita ou esquerda, pois no centro ela pode “roubar” freqüências de outras pistas.

3)Fazendo um render (passos)
A)Selecione o AUX desejado
B)Evite deixar “plugins” no aux e no master, mas mantenha os plugins das pistas.
C) Verique o pan de cada instrumento onde você fará o render.
D) Rode a música e veja se é isso mesmo que AUX tem que fazer.
C) Anote o valor do volume do AUX. Após isso deixe o mesmo em 0 dB. Faça a mesma coisa com o master.
E)Deixe solo o AUX . E toque o mesmo
F)Se houver “picos” vá diminuindo o volume do AUX, não do master.
G) Deixe o master em -1 dB ou a gosto.
H) Faça o “render” e apague as pistas que usou para faze-lo. Acrescente o plugin do AUX ou pista.


Abraços!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acreditamos sempre na liberdade de expressão e na troca de ideias!
Por favor pense antes de comentar!
Se está com alguma dificuldade coloque o e-mail para podemos responder com mais clareza! Abraços! Ótimas Gravações!