domingo, 24 de julho de 2016

Coluna do Anício: 10 Dicas para Gravar Violão

Olá Pessoas!!!
Como já tinha falado lá numa postagem sobre guitarras que fiz aqui hoje vou falar sobre gravação em violão.  Primeiramente devo avisar que se você pesquisar na internet irá encontrar muitas postagens e vídeos sobre o assunto, então vou falar exclusivamente do meu método de gravação.
A medida que você começa a pegar prática vai descobrir que alguns métodos são furadas e que a maioria você descobre por si só como no meu caso. Claro que muita coisa aqui também tem em outros lugares porque é uma coisa que funciona em qualquer lugar.
Preparados! Então ótima leitura!

1.Tipos de violão
Primeiramente vou entrar no básico.
Pra isso usei algumas fontes (que estão no final da postagem) para você entender melhor.
Existem inúmero fabricantes de violão no mercado e fora isso ainda há os luthiers (fabricantes artesanais). Embora você pode escolher uma marca diferente geralmente os violões não fogem desse padrão desses 4 modelos:

Violão Clássico
É o modelo mais vendido no mundo, como sugere o nome. Nesse modelo são usadas cordas de nylon.
É um violão de baixo custo, mais leve e macio, sendo ideal para iniciantes. Além disso, as cordas de nylon machucam menos os dedos com a prática. É muito utilizado para música clássica, MPB, samba, entre outros estilos musicais.

Violão Classico Vogga VC20

Violão Folk
Esse modelo possui um corpo maior que o normal e são levemente acinturados.
Possuem uma caixa maior, o que deixa o timbre mais encorpado, ideal para sons mais graves.
O braço desse modelo é um pouco mais fino e nele são utilizadas cordas de aço, que são mais tensas e podem dificultar um pouco o desenvolvimento da mão esquerda (caso pratique como destro). Os ritmos mais utilizados são pop/rock, por ter um som mais metalizado.


Violão Folk Memphis MD18



Violão Jumbo
Este modelo passou a ser mais conhecido quando Elvis Presley o utilizou.
É parecido com o modelo clássico, porém seu corpo é maior e mais largo. Possui um som mais grave, envolvente e equilibrado. É muito utilizado para blues, pop, rock, entre outros.



Violão Jumbo Takamine


Violão Flat e Semi-Flat
Os violões flats são mais finos, comumente usados em MPB, músicos profissionais e e música erudita. Normalmente são utilizadas cordas de nylon, possibilitando um timbre mais suave, porém, nesse modelo, dependendo da equalização também é possível um timbre mais estridente e grave.
O semi-flat, entretanto, é um modelo que possuem a lateral um pouco maior que o flat.

Violão Flat Caimbé

Obviamente há outros tipos de violão(basta pesquisar nas imagens do Google) porém aqui destaco os mais utilizados.

2.O corpo do violão
Um bom timbre do violão assim como uma guitarra depende da sua construção, madeira utilizada e desenho acústico. Basicamente tudo seria o corpo do instrumento.
Por exemplo um violão clássico com tradicional corpo em forma de 8 (lembra-se da história de mulher com corpo de violão?) sua construção é assim:


Construção de um violão clássico

Observe que dentro do "tampo" ele tem um desenho que parece um "trem" e o  nome dessas "barras" se chamam barras harmônicas responsáveis pelo "timbre do violão".
Para mudar esse timbre o fabricante faz essas barras/tampo por exemplo com uma madeira do tipo cedro vermelho irá fornecer um timbre especial para "dedilhados" enquanto um madeira do tipo mogno ficar melhor para ser usado com palhetas.
A madeira pode influenciar diretamente na gravação pois algumas produzem mais graves ou agudos e outras estão com as frequências equilibradas, por isso na hora da gravação procure saber mais ou menos o tipo de madeira do seu violão.
Claro que existem outros modelos não comum.
Por exemplo eu tenho uma antiga Craviola Gianinni que tem o corpo totalmente diferente do violão normal em forma de "D", assim como a Resonator Guitar amplamente usada por Mark Knoppler que um violão com corpo clássico mas dentro toda sua barra harmônia, tampo e as laterais são feitas com o mesmo metal do trumpete. Isso serve para deixar o som mais alto que o normal sem precisar de amplificação.

3.Cordas e consequências
As cordas do violão são uma escolha pessoal. Quem gosta de nylon geralmente toca clássico, jazz, MPB, Samba e quem gosta de aço toca geralmente rock, pop, reagge, sertanejo mas isso é só coincidência e gosto mesmo.
A maioria dos músicos preferem ir pelo "timbre" e isso pode estar num violão de aço ou de nylon.
A corda de nylon não importa o modelo do violão sempre tende a puxar um timbre mais "encorpado e grave".
Você sabia que muitas bandas de heavy metal dobram os riffs usando
este tipo de violão? Justamente porque ele já tem "peso" naturalmente e também por isso é o preferido para dedilhar.
Já a corda de aço puxam para o médio grave ao agudo e isso depende também muito do modelo do violão. Em violões do tipo folk elas irão soar bem brilhantes e violões do tipo jumbo elas irão soar mais altas e encorpadas.

4.Elétrico ou Acústico?

Violões Elétricos
São os modelos que usam ambas as cordas e que tem um "captador" com controle de "volume e equalização" embutidos.
Geralmente são mais finos que o violão acústico para evitar "ressonância" ou "microfonia".
Muitos modelos nem "bocal" possuem como o Goddin Multiac.
Podem ser ligados a um amplificador (incluindo podendo usar efeitos de guitarra) ou direto na mesa de som.

Violão Elétrico Fender CD60
Na Gravação: o som desse violão é mais fácil de equalizar pois você possui várias maneiras de fazer isso: direto nele, na mesa de som (mixer) ou usando a própria D.A.W do seu computador.
Além do mais pode ser acrescido efeitos ou mesmo podem ser gravados com efeitos diretos.
Os que usam "cordas de nylon" possuem um timbre mais denso enquanto os de aço possuem um timbre mais suave.
A maioria da captação dos violões elétricos é ativa piezzo ou seja usa bateria.
Porém alguns violões de aço (geralmente caros e clássicos) possuem captador do tipo guitarra (desenvolvidos para violão) como os modelos da Dean Markley que podem ser comprados e colocados separados no violão. Captadores Nativos de Guitarra como o single ou hambucker costumam dar certo em alguns casos "especiais" porém depende muito da construção do violão e somente com os de cordas de aço.

Violões Acústicos
São os modelos que usam ambas as cordas porém não possui meios de "gravar" sem o auxílio de microfones ou outra forma de captação.
Os modelos acústicos possuem um "corpo" maior que os elétricos justamente porque só contam com o mesmo para fazer a amplificação do som e isso é um dos fatores que fazem o mesmo gerar uma quantidade grande de "microfonia" e precisa ser equilibrado geralmente usando um compressor.

Violão Clássico Gianinni
Na Gravação: esses violões depende de microfones para gravar e assim como a voz o seu som também depende do ambiente que é gravado. Podemos colocar captação no mesmo se assim quiser, mas o mesmo irá perder suas características originais por causa da instalação.

5.Regra de ouro da gravação
Eu sempre digo aos meus alunos que a "Regra de ouro" numa gravação com violão é:
grave com o violão que você se dá bem!
Primeiramente o violão não é uma guitarra que precisa de um conjunto para conseguir os timbres do sonho (guitarra, captadores, amplificador e efeitos).
Um bom som de violão pode vir tanto de um que use cordas de aço quanto um que use cordas nylon desde que você saiba tocar bem o mesmo.
Os meus dois violões que uso em gravação são uma Craviola Gianinni (que nem sei de que ano ela é) e um violão de 12 cordas que comprei num brechó e não faço a minima ideia quem o fabricou, mas tenho quase certeza que é um luthier.
A Craviola uso mais para dedilhados e por isso é acústica e o de 12 cordas coloquei captação Shadow.
E olha que já tive violão de diversas marcas como Takamine, Yamaha, Fender e no final se fiquei com esses dois porque consigo tocar com bastante conforto nos mesmos. Porém não os levo para a estrada. Se preciso usar um violão num show uso um fabricado especialmente sob encomenda do tipo Flat.
A única coisa que poderia falar é fuja de violão com corpo muito pequeno porque eles tem o timbre baixo e grave e se for comprar um violão xing ling preste bastante atenção se ele afina!
E não adianta dizer que comprou um de marca consagrada porque isso não é garantia de nada.
Escute que seu ouvido é a melhor garantia!

6.Maneiras de gravar violão elétrico
Existem muitas opções para gravar um violão então eu irei descrever a minha maneira de gravar violão elétrico para você experimentar.

Direto no computador ou mixer
Quando uso o termo direto no computador me refiro a você ligar o violão na placa de som e depois gravar em sua daw.
O problema é que se a equalização do violão se não for das melhores você terá muita ressonâcia e até microfonia.
Já com a Mesa de som (mixer) você tem a opção da equalização para cortar/aumentar as frequências.
Lembrando que aqui estou falando em ligar diretamente o "mixer" no computador já que uma "mesa digital" não precisa nada disso, basta gravar direto nela.

Observação do Editor
Procure usar sempre dispositivos "USB" para gravar diretamente no computador!
Garantem um filtragem de ruídos melhor.

Com um amplificador
Existem amplificadores feito para "violões elétricos" como por exemplo o Roland AC-60 porém nada te proibi de ligar o violão direto o seu amplificador de guitarra mas lembrando que você precisa ajustar a equalização (tirar mais o grave e o médio) tanto no instrumento quanto no amplificador.
Normalmente quando se usa um amplificador é gravado somente em line out ou seja na saída de linha e quando usado um microfone geralmente é um Shure SM57 ou ainda um Shure SM81 porém este é mais apropriado para violões do que para o amplificador em si.
Você pode gravar "mesclando ambos" (um truque bem usado) ou seja no lado "direito" o amplificador do violão e no lado "esquerdo" em linha e o violão puro captado diretamente do amplificador com um microfone na posição tradicional.

7.Maneiras de gravar violão acústico
Basicamente só temos dois jeitos de gravar um violão deste tipo:
com microfone ou colocando captação no mesmo. Fora isso não tem jeito!
Porém a maioria dos músicos que gostam do som natural não colocam captação num instrumento acústico então preferindo os microfones.

Posições dos microfones
Coloco o microfones geralmente em 3 posições que são tradicionais:
quase encostado na 12º casa (Mic1), distante 10 centímetros do bocal (Mic2) ou distante 5 centímetros perto do cavalete (Mic3) (onde vai as cordas do violão) posso usar somente um, dois ou três tudo depende do timbre que quero ou que o cliente quer.
A foto abaixo ilustra melhor isso:

Posições de microfone que uso
Esses microfones vão na mesa de som geralmente o Mic1 pan no meio, Mic2 pan esquerdo na boca do violão e  Mic3 pan direito no cavalete .
Mas tenha cuidado quando gravar assim porque deve-se evitar sons "externos" causado pelo ambiente, som fora de fase e microfonia.

8.Tocando, cantando e gravando
Qualquer instrumento pode ser tocado e cantado isso se o músico quiser.
Basta ver os vídeos making off de muitos álbuns de artistas e bandas que tem por aí.
Muito nem parecem gravação e sim um "bando de malucos" que se juntou para compor algo.
Porém de todos os instrumentos que existem a chance de alguém cantar e tocar com um violão é de quase 95% e isso porque ele é o instrumento mais popular que já fizeram.
Ninguém precisa ser "maestro" para tocar alguns acordes tanto que muito ótimos compositores só sabem algumas sequências e viram "obras primas" nas mãos dos músicos certos.
Essa trilha pode ser incluída sem problemas na sua música desde que você si e escolha um lado para voz e o outro para o violão.
Por exemplo se você gravar a voz no lado direito em mono e o violão do lado esquerdo em mono você terá duas pistas independentes que podem até ser acrescentadas na mixagem assim pode ter evitar de ter que gravar essas duas novamente para acrescentar na música.



Observação do Editor 
Essas regras também servem para guitarra limpa!

9.Efeitos
Já muita gente tocando violão elétrico com pedaleira de guitarra e até usando distorção. Mas isso geralmente é aquele violinista que tem alma de guitarrista! Em gravação pelo menos nunca vi alguém gravar com distorção mas provavelmente muitos já fizeram.
Quanto ao Delay o mais usado é tipo Eco ou Fita em pequenas doses poucas vezes nota-se.
No meu caso os dois efeitos que mais uso são o chorus e o reverb.
O chorus deixa o violão parecendo nunca desafinar (como diria meu professor de violão: um violão bem afinado que que soar como uma guitarra com um bom chorus) e o reverb faz com que o som da caixa acústica soe com mais corpo.

10.Mixagem
A mixagem do violão depende muito do estilo que você está fazendo.
Vamos supor que você esteja gravando um sertanejo, samba, bossa, pop rock e não irá acrescentar nenhuma guitarra distorcida. Assim é bem fácil mixar o violão pois basta você cortar/dar ganho nas frequências certas e incluir um compressor e jogar um violão pro lado que quiser. Geralmente quando há uma guitarra o violão segue a regra do rock: guitarra para um lado e violão para o outro.
Quando gravamos por exemplo somente acústico a coisa se torna bem mais fácil pois quase não dá mascaramento no som. Quanto mais limpo o som melhor é de mixar.
Agora se é só violão e voz daí não tem segredos, basta equalizar os dois até agradar. Em muitos casos como só tem os dois dependendo da sua qualidade de gravação basta passar um compressor multibanda e você já terá o resultado final.

Por hoje é só!!!

Lembre-se:

Somente no dicionário Sucesso vem antes de Trabalho!!!

Abraços!!!



Postado por:
Anício Oliveira
Músico, Professor, Sideman e "filosofo" nas horas vagas!
OMB:11???(não lembro mais faz anos....)
Contato:anicio.guitarra@gmail.com

Fontes Adcionais:
http://valote.com/article/types-of-acoustic-guitars.html
http://www.portalmusica.com.br/as-principais-madeiras-para-violao/ http://docslide.com.br/documents/construcao-do-violao.html
https://www.getninjas.com.br/guia/aulas/musica/modelos-de-violao-descubra-as-diferencas-que-ha-entre-eles/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acreditamos sempre na liberdade de expressão e na troca de ideias!
Por favor pense antes de comentar!
Se está com alguma dificuldade coloque o e-mail para podemos responder com mais clareza! Abraços! Ótimas Gravações!