sábado, 29 de julho de 2017

Gravação: camada de voz em apenas 5 passos

Antes de começar a ler essa postagem, sugiro ver um vídeo que já postei bastante por aqui.
A cena é do filme "La Bamba" onde mostra como Ritchie Valens grava "Come Let´s Go" em takes (parte por parte).
video

Você pode até achar que isso é coisa de cinema mas a maioria das gravadoras fazem isso desde essa época e por um simples motivo: economia de tempo. É melhor fazer um take de 01:00 bem feito do que uma canção inteira (mais ou menos 03:30) onde pouca coisa dá para se aproveitar, o resultado será bem mais satisfatório. Já se perguntou porque tem gente desafinada "ao vivo" e a gravação de estúdio ficou tão bem feita? Esse é um truque que você irá aprender aqui em apenas 5 passos!

DAW: A que você está acostumado a usar
Dificuldade para fazer isso: de médio a difícil. 

1.Conheça os tipos de voz que consegue fazer
Se fomos falar na maneira mais estudiosa iremos definir vozes por classe, como por exemplo
Soprano para definir uma mulher que canta alto ou Tenor para definir um homem que canta alto
Se você que saber isso aqui está link perfeito sobre isso. Como essa postagem não sobre "como cantar ou sobre técnica vocal" e sim para quem tem mais ou menos conhecimento do que quer fazer então a primeira coisa que se deve ter em mente é quais vozes você consegue fazer além da sua.
Vamos supor que você consiga imitar o "Renato Russo ou o Gustavo Lima" ou ainda "Elis Regina ou Paula Fernandes" ou se você consegue cantar em barítono (grave), voz branca (sua voz normal), drive (voz rasgada) e falsete (voz de cabeça) e lembrar da execução separada de cada uma delas?
Se você sabe fazer mais de uma voz então no item irá lhe ajudar bastante.

2.Melodia
Feito isso você deve conhecer bem a melodia da música com sua letra. O bom é que você saiba ela decor e evitar "colas" (a interação dos olhos com boca nunca combina). O ideal é que você saiba a música decor e não se esqueça de aquecer antes  de cantar de preferência como esse do vídeo abaixo:


Só nesse vídeo você já consegue ver algumas vozes que você pode fazer.

domingo, 16 de julho de 2017

Coluna do Anício: roqueiros mimizentos

Salve Pessoas!
Kurt Kobain se envelhece! 
Bom essa postagem estou fazendo logo após participar de um "evento entre amigos" na verdade é uma coisa bem simples: a gente fecha um bar, se reúne entre músicos e amantes da música e ficamos tocamos a noite toda diversos estilos, mas geralmente tudo fica entre MPB (aquela mais pop) e Rock.
Nessas confrarias geralmente a gente fica "bêbado" e lógico alguém começa reclamar da música atual de como por exemplo teve que começar a trabalhar num escritório porque  a música não rende mais como rendia um dia.
Geralmente ouço sempre as mesmas reclamações mas de vez em quando ouço algumas coisas que fazem muito sentido como o que um amigo meu fã de rock (que não é músico) disse:

"Nossos pais reclamavam do nosso som (nos anos 90) mas era algo novo, hoje em dia minha geração faz a mesma reclamação que não é a mesma do meu pai, porque o sertanejo não é algo novo e sim porque na minha adolescência  isso era coisa de velho!"

sábado, 15 de julho de 2017

10 Dicas para tornar sua gravação caseira mais profissional

1.A correlação entre a entrada
Durante muito tempo eu acreditei que um simples equipamento de entrada como por exemplo
um amplificador, um compressor e um bom microfone já daria bom resultado mas porém depois de comprar mais equipamentos adicionais (como equalizador e supressor de ruídos) vi que tão importante quando o computador ou a placa de som usada também é o "equipamento de entrada" pois é ele que faz a "conversão do som" ficar mais "aberta" (como uma gravação comercial) ou fechada (como uma gravação amadora) portanto se melhor você tiver um equipamento para "seu som entrar", mais fácil é de manipular o som depois.

2.Placa de som
Se seu equipamento de entrada for bom você não precisa de uma "super placa de som" para
gravar bem. Contudo placas internas ou externas (USB) se não for de um fabricante confiável na linha de gravação (como M-Audio, Prosonus, Focusrite, Roland, Yamaha, Behringer ) podem trazer efeitos bem indesejáveis.