segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Coluna do Anício:o que esperar do Rock in Rio 2016

Salvem Pessoas!


Rock in Rio 
Na última semana perguntei ao meu filho que vai fazer 17 anos no mês que vem o que ele quer de aniversário? Ele respondeu: "ir ver o Mettalica no Rock in Rio!"
Se ele vai ou não daí estamos discutindo mas pelo andar da carruagem é quase certeza que sim. Ver o Metallica a banda que transformou o "metal" e algo próximo ao pop? Boa escolha!
Quando saiu o Black Álbum em 1991 eu estava apenas arranhando violão, mas quando tive a primeira banda "Oficial" em 1996, The Entersadman virou uma das nossas prediletas de tocar. O público dizia que fazíamos muito "parecido ao CD" tirando o vocal, pois quem cantava era minha esposa na época a "vocalista" metida da banda!
Porém... Metallica, Guns N´Roses, Iron Maiden viraram "figurinhas carimbada" do festival e pra quem leu uma das postagens aqui no Palco KH você sabe o que ando pensando do rock atualmente tanto internacional quanto o nacional.




O Rock in Rio 2016 irá acontecer nos dias 13, 14, 19, 20, 21 e 22 de setembro e já possui milhares de interessados aguardando a venda de ingressos ser liberada para correrem atrás dos seus. 
Para quem curte rock e outros estilos musicais, o Rock in Rio é considerado o maior festival de música do Brasil. O Rock in Rio 2016 promete vir repleto de novidades, que deverão atrair ainda mais os fãs de rock brasileiros.
Fonte: Site do Rock in Rio

Só o fato de mudarem de o maior festival de música do Brasil e não mais o maior festival de rock do Brasil você já sabe a pegadinha que estar por vir.
O festival faz anos (acho que desde a sua segunda edição) que tem muita coisa "pop" no meio e de uns tempos para cá até estilos que nada haver tem com o rock e claro que isso não vai alterar em nada o motivo porque as pessoas irão lá e quanto menos a sua "margem de lucro" e talvez o nome só Rock in Rio porque as maiores atrações e a maioria dos continue cantores e bandas são ligadas ao rock, pop rock e metal mas como ainda não divulgaram as atrações (faltando menos de um mês) não podemos dizer nada.
No passado por exemplo eu vi de casa o festival e de um bar que estava tocando naquelas noites.
As atrações que mais gostei vieram do Palco Sunset como por exemplo
Rock in Rio
Lenine+Nação Zumbi, Ira!+Toni Tornado, Angra+Dee Snider,Alice Caymmi pois ali estavam mais fugindo dos padrões "habituais das bandas" e tentando refazer os clássicos como se fossem "uma banda que num bar" se a obrigação de fazer a música soar como foi gravada!
A verdade é que o "Rock in Rio" mesmo foi somente o um já que o "dois" houve coisas mais para pop também (como Jimmy Cliff, Colin Hay, New Kids on the Block, Roupa Nova, Run DMC, Alceu Valença e A-HA))
e por isso muitas vezes essa "briga dos roqueiros" pedindo só para ser rock não se justifica muito.
Talvez o certo seria ter usado apenas uma vez o nome "Rock In Rio" (na primeira edição) mas não esqueça que "marketing" se faz até com nome por exemplo, se tivessem mudado para Pop in Rio, Music in Rio, Show in Rio, Stars in Rio, Any Shit in Rio não teria o mesmo sucesso do que usando o nome que o evento leva.
E se você soubesse a "dor de cabeça" para organizar um evento desses principalmente no Brasil (onde tudo é taxado e tem imposto e mais o "extra" pra cerveja) acho que não receberiam tanta reclamação mas por outro lado são coisas que a "organização" nunca divulga e por isso depois gera tanta polêmica principalmente por conta dos ingressos.

Os preços dos ingressos segundo o site oficial do Rock in Rio estão 260 reais a inteira e 130 reais (fonte:2016 Dicas)

Mas pra mim irá sair pelo menos R$600 já que meu filho vai num "pacote de excursão" de uma empresa de turismo daqui da cidade para ver apenas um dia!
Mas voltando ao assunto... eles ainda não divulgaram as atraçõe e não devem ser muito diferentes dos anos anteriores porém talvez tenha apelações muito mais POP e se isso
for verdade (porque esses rascunhos não provam nada) cada vez que ouvirmos a palavra Rock in Rio podemos pensar em tudo menos em rock!
Porém também o que aconteceu com o rock é que tivemos muito uma coisa que nós guitarristas inventamos chamado de intenção Blues e Rock e isso que dizer o quê?
Que você pode tocar qualquer estilo usando como base a pentatônica e a "quarta nota" então deixando a música com uma cara mais do "Rock Blues".
Não é só isso você pode também usar vamos dizer uma intenção hard rock/metal numa música basta tacar um "power chord". Eu em muitas execuções das músicas Paga Pau e Nova Iorque (que são sertanejas) taco "power chords" em cima das notas  e ligo a "distorção" dando um ar bem "rocker"!
Além disso se você escutar bandas do rock nacional como Seco e Molhados ou Ave Sangria verá o uso de muito "sintetizador análogo" (mas parecendo sons de jogos eletrônicos antigos) possivelmente os clássicos Moogie cujo o som fica mais parecido com o pop e talvez também seja um dos motivos pelo Rock in Rio não perder ainda tanto sua linhagem já que a maioria das músicas comerciais sempre tem algo de Rock no meio.

Se estou certo ou não só tempo dirá....


Postado por:
Anício Oliveira
Músico, Professor, Sideman e "filosofo" nas horas vagas!
OMB:11???(não lembro mais faz anos....)
Contato:
anicio.guitarra@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acreditamos sempre na liberdade de expressão e na troca de ideias!
Por favor pense antes de comentar!
Se está com alguma dificuldade coloque o e-mail para podemos responder com mais clareza! Abraços! Ótimas Gravações!