domingo, 10 de julho de 2016

Coluna do Anício: O Rock Brasil Idoso

Olá Pessoas!!!
Sábado dia 02 de junho estava montando o som num bar para tocar a noite com minha esposa quando comecei a me lembrar porque resolvi ter essa vida.
Não era um flashback ou se estava conversando com alguém e sim porque a TV do bar estava ligada num canal que estava passando um festival de música. Pelo que entendi era uma homenagem ao rock brasil e lá estavam Paula Toller, Nando Reis, Paralamas, Pitty...
 E pensei comigo mesmo:
- Putz! De novo! E já vou explicar mais adiante o motivo.
Segunda feira (dia 04) estava vendo um vídeo do Nando Moura falando sobre o Legião Urbana e porque nunca mais iríamos ver uma banda como eles e logo depois me deparo com essa cena promovida pelo novo Legião Urbana .
Bom daí depois fui ver as mil e uma desculpas do baterista pois afinal o cara tem um legado para defender e advinha quem foi o culpado?
O programa do celular!
Se o culpado foi o programa como esse rapaz aqui toca Nothing Else Matters do Metallica com celular bem inferior mesmo ocorrendo alguns atrasos?
Claro que essa nova geração sabe mexer com isso e um dos fatores que vejo alunos e meu filho fazendo "timbres" inacreditáveis de guitarra com plugins como o Guitar Rig 5 em suas gravações e eles tocam alguns aplicativos de guitarra muito bem! E isso acontece porque hoje em dia fazer uma música em casa para quem "conhece" está bem acessível. Mas Voltando a história...


Não adianta você dizer que acompanha a tecnologia sendo que não tem intimidade com ela!

Eu não faço a mínima idéia como reproduzir um bom timbre com um plugin de computador
embora eu tente bastante no final sempre vou para o básico: meu set de pedais ou a pedaleira direto no amplificador!
Eu  nunca iria tocar em público usando apenas um notebook ligado numa caixa de som como fez um aluno meu num festival de música no mês passado.
Ele e seu irmão tem uma dupla de folk rock  um estilo muito parecido com The Eagles ou seja um na guitarra e o outro no teclado. Eles tiraram 2º lugar no festival com uma música própria e com uma versão de Capim Guiné do Raul Seixas usando coisas legais com uma sequência de back vocal programada, algo que nunca pensei em fazer e isso eles só fizeram porque um tem 18 e outro 17 ou seja o futuro da música pertence a gente assim.
Aplicativo de Acordeon
Mas vamos supor que eu também quisesse tocar usando um aplicativo de guitarra nocelular. Primeiramente eu ficaria pelo menos um mês treinando com o mesmo porque a tecnologia
sempre nos prega armadilhas.
A primeira vez que usei minha pedaleira Digitech RP-10 achei que estava arrasando no show até que o baterista me disse:
- Porra Anício! Seu som está todo embolado!
Eu não dei muita bola mas fiquei pensando no que ele disse. Então fui na frente o P.A e vi que não se entendia nada da minha guitarra e rapidinho tirei a pedaleira e coloquei novamente o set de pedais e depois fui resolvendo esse problema aos poucos.
Isso aconteceu só porque eu tinha apenas a 2 semanas a pedaleira e fiz somente um ensaio com ela antes desse show. Conforme ia estudando o manual descobri vários truques de como evitar que o som embolasse na frente e isso consumiu algum tempo e estou falando de uma coisa antiga não tão atual como por exemplo um aplicativo de celular.
A impressão que fica é que o baterista quis usar o aplicativo só para mostrar que era um cara ligado na modernidade que fala a língua da juventude!
Isso me faz lembrar daqueles vídeos das "apresentadoras da tv" tentando dançar funk para mostrar que também estão na moda!
Voltando ao Legião uma coisa que seus fãs esperam como uma música nova com aquela alma oitentista e rebelde esqueça... Parece que por enquanto não é a preocupação nessa formação.
Roqueiros novos e velhos
A verdade é que o BRock ou Rock Brasil que a mídia defende está velho! Porque de rebeldia já não tem mais nada, veja que dessa turma somente a Pitty é a mais nova.... E olha que começou a ser conhecida há 11 anos atrás lá em 2005!
O Rock se tornou o que ele sempre pregou contra: um estilo conservado, um clubinho onde que está começando não pode entrar.
Todo mundo fala do lixo que virou a música brasileira mas ninguém faz força para ouvir coisas novas sem serem famosas e isso não importa o estilo. Se você soubesse quantos uploads de vídeo de músicas legais e desconhecidas em vários estilos a por dia no You Tube iria se surpreender mas parece que a cultura tecnológica não foi feita para novas descobertas e sim para continuar o velho termo "maria vai com as outras" que tinha antes na tv.
O próprio You Tube virou a maior "rádio on line" do mundo e sites que deveriam ser exclusivos para gente nova (como o myspace) virou apenas mais um onde o jabá pode ser explorado.
O novo rock não é mais interessante para a grande mídia e não é por falta de talento (veja nesse canal do youtube quantas bandas novas) é porque transformaram num museu o estilo onde vemos sempre as mesmas "caras&bocas" de sempre, seria como ir sempre ao mesmo restaurante eles só tivessem no cardápio o "a la minuta" de sempre e claro que há outros motivos mas sinceramente não sou bom e descreve-los como nessa postagem!!!
Por enquanto o Rock Nacional vai ficando assim para a grande mídia...
Na geladeira para os novos talentos....

Boa semana!!!
E Viva o BRock independente!!!



Postado por:
Anício Oliveira
Músico Profissional e Filósofo amador!
OMB:11???(não lembro mais faz anos....)
Contato: anicio.guitarra@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acreditamos sempre na liberdade de expressão e na troca de ideias!
Por favor pense antes de comentar!
Se está com alguma dificuldade coloque o e-mail para podemos responder com mais clareza! Abraços! Ótimas Gravações!