segunda-feira, 18 de março de 2013

Produção: Você realmente precisa de um supercomputador?

Salvem!
Esses dias um amigo meu me mandou uma gravação muito boa (vou pedir autorização dele para publicar aqui) com o som bastante comercial. Curioso que pedi a ele com que computador ele gravou:
http://s2.glbimg.com/AlYDbUa0GgfNqr_uSZTTZyAaq5LzjOOO7XgM06peXST2try0Uy7Bod8RogMcnIFm/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2011/02/17/watson-620.jpgUsou uma Fast Track Pro USB e um..... Pentium 4 de 2.4! Ou seja, um computador que já está defasado desde 2004, ou seja com 6 anos de uso! Pra começar, a apesar dessa placa ser nova no próprio manual dela diz que um Pentium 3 com 256 mega já dá conta do recado e lógico que o equipamento de "entrada" dele também era muito bom (uma rack completo com potência, mesa, equalizador, crossover, compressor, monitor de referência M-Audio BX ) e programa (DAW) que ele usou foi o Sony Vegas 7 (hoje em dia versão atual é a 12) que é um programa que não requer muitas "firulas" (pra começar ele já ajusta automaticamente a latency da placa, poupando uma enorme dor de cabeça) e isso me fez lembrar um história de um conjunto de rap do Rio Grande do Sul que fez todos seu primeiro CD em casa usando um Pentium 2 e uma placa de som antiga da Yamaha!


Teoricamente para fazer um bom som (até um ótimo) não é necessário ter um "supercomputador" pois isso só vai fazer diferença na mixagem (em outras palavras, quando rodamos vários plugins ao mesmo tempo) sem contar que o importante da gravação é sempre o volume (se estiver entrando com qualidade, vai sair com qualidade) porém um "supercomputador" é "altamente necessário" para aqueles estúdios grandes ou para salas de masterização (afinal uma estação Pro Tools não roda em qualquer um)  mas faz diferença pra quem tem um "pequeno estúdio" ou estúdio caseiro?
http://www.hotfrog.com.br/Companies/Est%C3%BAdio-Mako-%C3%81udio-Produ%C3%A7%C3%B5es/images-pr/0000238/Est%C3%BAdio-de-grava%C3%A7%C3%A3o-em-Ara%C3%A7atuba-91228_image.jpgAí vem a  outra questão: conhecimento. Até hoje me lembro de uns amigos meus que gravaram uma "demo" num estúdio muito bacana, porém os caras tinham tudo, menos conhecimento! O resultado uma  gravação com uma qualidade bem inferior ao esperado.
O que a maioria ainda não enxerga que um computador com uma DAW é um instrumento musical, pois apesar de você imprimir seu conhecimento nele, para mixar você terá que usar o ouvido, para buscar os cortes e os timbres exatos o que o torna outro instrumento a ser aprendido e assim como aquela guitarra de R$900 que você comprou e colocou uns captadores de R$600 a deixam com um som bem legal!Ou seja, você não pode transformar um  "Fusca numa Ferrari" mas pode transformar ele no Herbe!
Essa é uma dica para quem está começando ou está querendo trocar de equipamento: do que um local de gravação precisa? Ele precisa de muita coisa, porém um dos erros mais "básicos" é achar que o "computador" é a principal ferramenta quando na verdade é o ambiente de estúdio e sua captação. Melhor você comprar um computador de R$500 e colocar nele uma memória bacana e uma placa de som de R$800 (e não esquecer da placa de vídeo, usar a da própria placa mãe pode roubar desempenho) pode ser uma boa escolha do que fazer ao contrário só para rodar "um plugin super pesado" que pode ser substituído por outro mais leve. Recebo muitos e-mail de gente falando que primeiro está "buscando conhecimento" e depois fazer o "investimento" e concordo totalmente com eles.

Boas gravações e Boa semana!!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acreditamos sempre na liberdade de expressão e na troca de ideias!
Por favor pense antes de comentar!
Se está com alguma dificuldade coloque o e-mail para podemos responder com mais clareza! Abraços! Ótimas Gravações!