segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Gravação: 8 dicas para voz!

Salve! 
Galera novamente eu vou comentar sobre gravar a voz pois  é comum sempre me mandar e-mail sobre esse assunto pelo simples fato: porque minha voz não sai na frente como numa música comercial? Novamente a pedidos tentarei explicar o mistério, mas pra aqueles que não estão conseguindo colocar a voz na frente dos instrumentos existem 10 fatores que podem estar te atrapalhando. Essas dicas são descritas mais para ajudar quem tem Home Studio, porém se você tem estúdio podem ser úteis também.



Dificuldade: Média
Daw: Qualquer uma.


1)Equipamento
A voz é um processo natural destemperado e analógico, isso quer dizer que diferente dos instrumentos ela não tem uma "afinação fixa contínua" pois não se pode colocar uma voz exatamente em seu Hz de afinação e por isso  não adianta ter uma voz "divina" e um equipamento mortal!
 Não adianta você teimar em gravar um microfone ruim! Por isso você tem que achar um microfone que irá captar sua voz decentemente e a única maneira de fazer isso é estudar um pouco sobre microfone e por isso separeis 3 links do site mundomax, playtech e musical audio. Fiz isso pra não ficar perdendo tempo em explicar os tipos de microfone! Pra que eu vou fazer uma postagem sem já tem outras sobre o Assunto?A segunda coisa, você precisa de um equipamento que amplie o microfone, pois o microfone só transmite a voz, ele não dá volume. Para isso temos algumas alternativas como pré-amps pequenos (como o Behringer MIC200), pedaleiras de voz  (como Digitech Vocal 300), rack compressor  ou até mesmo uma boa mesa de som. Claro, se você tem um conjunto que evolva tudo isso é bem melhor.

2)Ambiente de gravação 
 Só por causa que você está gravando dentro do seu quarto, não quer dizer que não se pode gravar descente! A parte mais chata de se gravar em casa é ficar pensando se alguém vai nos incomodar ou não. Fora isso, devemos nos preocupar um pouco com o reverb natural  que pode nos dar um efeito indesejado (ou desejado conforme o caso). Os estúdios usam ambientes tratados, por isso a melhor coisa a se fazer é gravar a mesma voz em várias posições do ambiente, até achar uma que faça a voz soar "mais naturalmente".

3)Vá de USB!
Você tem certeza que os cabos do microfone/equipamentos estão inteiros? Você grava em linha (direto na placa) ou via USB? Isso interfere e muito pra que não tem um estúdio projetado. Quando se projeta um estúdio, a primeira coisa é tratar o ambiente, a segunda é comprar os equipamentos corretos  e a terceira é verificar a energia se está estável ou não. Até pouco tempo  estava gravando tudo em linha. mas cheguei a conclusão que gravar via USB ainda é mais prático pra quem tem um Home Studio devido ao fator que os cuidados com a energia são menos necessários, ou seja uma preocupação a menos!Não que tudo via USB garante a isenção total de ruídos, mas até você não construir um espaço definitivo pode ser uma boa.


4)Mantenha a afinação!
A causa principal da mal gravação é essa. Nem mesmo um grande estúdio pode te salvar (é só ver certos artistas do S.U que cantam ultimamente) se você cantar mal! Por isso sempre vale o conselho de praticar bastante a música antes de gravar. Você não precisa cantar "lindamente" (pois há uns truques de estúdio para maquiar a voz) mas afinado é obrigação!!!
Por isso pratique bastante a música a ser gravada, se você que sua voz não é legal, pode chamar um interprete (afinal Carlos Santana faz isso a anos e  assim ainda é Santana) mas se quiser encarar essa, vai ter que cantar afinado! Procure vídeos aulas, professores de canto  e se tiver a oportunidade participe de um coral pois ainda é a melhor escola de canto!

5)Abuse das pistas!
Gravar com ou sei efeitos? Estéreo ou mono? Será que essa pista saiu fora de fase? Pra acabar com essas dúvidas eis uma dica:

A) faça um playback da música
B) crie um novo arquivo e coloque esse playback
C)  grave sua voz nesse arquivo fazendo testes! Com efeito, sem, mono, estéreo
D) selecione as melhores pistas e faça um "render/bound" (junção) nelas
E) importe a pista salva para o arquivo principal da música

Importante! Ao invés de duplicar, faça  dobras!!! Elas deixam bem mais cheio o som!


6)Equalização



















 Sempre me perguntam isso! Mas não se preocupe, eu também perguntava (e pergunto) pois a voz sem dúvida é a parte mais chata de equalizar! Por isso fica difícil explicar essa lógica pois tudo depende dos fatores anteriores. Uma coisa que você precisa entender que nenhum equipamento é igual ao outro. A figura acima mostra uma equalização "mais padrão" da voz, porém será que vai funcionar com seu equipamento? O microfone aqui é um Behringer B1  mas será que vai sair o mesmo "espectro" no seu? Nessa postagem mostro como funciona a análise por "only tracks" onde a dica é bem simples: pegar uma pista de estúdio e analisar o som. Essa tabela  mostra todas as frequências na maioria dos instrumentos, veja em qual frequências a voz mais se destaca e procure trabalhar com elas.

7)Compressão e Efeitos
Como você deve saber, a compressão "cola" a voz na música, mas nenhuma comprensão funciona direito sem os efeitos para auxiliar e por causa disso vamos ouvir e analisar um pouco a "only track" da música.

A)Billy Jean - Michael Jackson



O impressionante dessa voz é que Michael Jackson praticamente não usou efeitos! Nem De-esser (pois ouvimos claramente os sss) só a compressão e a equalização! Claro se a gente ouvir a música com os instrumentos  você irá notar que ela está "maior", mas isso é devidos a uns truques que falaremos a seguir, o que quero é que você veja que só a voz em si não apresenta ter efeitos, só a compressão e talvez um reverb room bem de leve.

B) Bring to my life - Evanescense



 Aqui nessa música a voz de Amy Lee está recheada de reverb.  Produtores internacionais ainda seguem a tendência de usar reverb Hall para colar na música porém o mesmo é "automatizado" note que na medida que a voz dela sobe o reverb fica mais forte e logo atrás também se sente um Pré-delay curto (provavelmente 50 ms) erguendo junto. Já no refrão a voz principal está com delay curto, a voz masculina seca e a quinta com reverb light e tudo isso é para fazer a voz principal se destacar entre as outras. Escute a música para ver como o que você ouviu aqui encaixa perfeito na mesma.

Procure ouvir mais "only track" e repare nos efeitos que os grandes produtores usam.

8)Destacando a voz

 A voz é instrumento principal, por isso merece todo destaque, o problema é que você as vezes tem que fazer uns "sacrifícios" para ter esse destaque. Durante muito tempo tentava deixar quase todos iguais, até percebi que se você quer dar destaque a voz, talvez tenha que enfraquecer os outros instrumentos. Você precisa dar espaço para voz e para isso não tem jeito:
você tem que estudar as seguintes coisas:

Analisador de Espectros
Frequências
Panorama

 A moral é simples: cortar os instrumentos sem perde a dinâmica dos mesmos e destacar a voz.
Porém semana que vem,irei fazer uma postagem sobre o assunto!!!

Abraços!!! Boa semana!!!




Um comentário:

assombroso "EuryBoy" disse...

Ae cara muito boa a tua publicação e me ajudou bastante a entender um pouco mais sobre técnicas de gravação...