segunda-feira, 25 de abril de 2011

Produção: o clipe está substituindo as rádios?

Esses dias no site de humor Não Intendo sobre Janna Rose. Antes que comece aquela história que ela imitou Rebecca Black se você olhar as datas de publicação quando fora posta no you tube, podem ver que Jenna postou antes seu vídeo. A maior vantagem da internet é que podemos fazer nossa própria programação (como já foi comentado inúmera vezes) e por isso escolhemos as músicas que gostamos, além do mais, podemos divulgar nas redes sociais nossos próprios vídeos. Muitos artistas ainda insistem na velha forma de “liguem nas rádios!Peçam a música!” mas será que isso funciona? A questão é que se as grandes rádios são pagas para colocar certas músicas no ar será que ainda funciona se os fãs ligarem? Talvez (pode ser uma grande besteira que estou falando) mas em muitos casos, melhor do que sair fazendo uma campanha “maluca” de divulgação de rádio é melhor fazer um vídeo bem feito, com uma música bacana. Vou lhes contar uma história: no Rio Grande do Sul, havia uma banda de pop/rock que fez um CD. A gravação era boa, tinha volume e dinâmica as músicas eram boas, mas soavam muito esquisitas! Faltou alguém pra dizer como o vocalista devia ter feito tal parte, que efeito o guitarrista poderia ter usado, quantos slaps o baixista tinha ter dado em determinado compasso, como o baterista teria que ter ser comportado. Pra começar, eles eram veteranos e tocavam muito bem, mas o vocalista queria produzir por conta própria sem nem ouvir pelo menos os músicos da própria banda! Até tudo bem, ótimos músicos fazem produção de seus CD sozinhos e ficam maravilhosos porém o problema é que aqui, o vocalista não quis ouvir ninguém! Não pediram uma opinião dos outros músicos sobre o CD! O resultado foi um desempenho fraco para músicos tão bons! Me lembro quando eu e outro amigo meu ouvi o CD pela primeira vez falamos “isso aqui ta muito estranho! Não parece vocês tocando!” o vocalista da banda ficou uns 6 meses sem falar conosco e também com muitos músicos que avisaram a mesma coisa. A prova final veio um dia numa rádio...
O vocalista nos shows falava direto que uma grande rádio estava tocando direto as músicas do CD e era só ligar e pedir. Até hoje, não sei como isso chegou nos ouvidos dos donos da rádio (provavelmente vários amigos dele ligavam direto na rádio pedindo as músicas) mas eu me lembro bem o dia que os mesmos desmentiram o vocalista. Eles alegaram que não tinha nada haver com o CD e iria colocar algumas músicas no ar para ver o que os ouvintes achavam: resultado, todo mundo ligou dizendo que não gostaram das músicas. Resultado, a banda acabou! Se o CD estivesse bem feito (ou se eles pelo menos pedissem a opinião das pessoas) com uma chance dessas, agora eles seriam “veteranos” na fama!
Voltando a questão dos clipes, um clipe mal feito tem chance de ter muitos acessos? Quem sabe! Já aconteceu antes, mas se você faz shows frequentemente e quer cativar os fãs de caras, o melhor mesmo é fazer uma coisa bem feita. Esses dois clipes dessas meninas tem uma coisa em comum: são bem feitos. Por isso é mais fácil você pedir para seus fãs acessarem os vídeos no you tube do que pedir música nas rádios. Os vídeos mais acessados, sempre chamam a atenção da TV, e essa pode ser sua chance!!!

Boa semana!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acreditamos sempre na liberdade de expressão e na troca de ideias!
Por favor pense antes de comentar!
Se está com alguma dificuldade coloque o e-mail para podemos responder com mais clareza! Abraços! Ótimas Gravações!