quarta-feira, 17 de março de 2010

Produção - Loteria dos sonhos


ontem no Twitter apareceu um recado que deixou todo mundo em alvoroço. Um famoso produtor de música colocou no ar “estou sem idéias hoje, alguém sugere uma música” e imediatamente um monte de artistas independentes (inclusive eu) deram reply sugerindo para ouvir suas músicas. 15 minutos depois o mesmo agradeceu a todos as músicas que foram enviadas. A pergunta é: quantas músicas foram enviadas?E quantas o mesmo escutou? Novamente vou deixar uma coisa clara já mencionado em outras postagens: um produtor não é empresário, um produtor faz o produto o empresário o vende. Mas na “loteria dos sonhos” com certeza vários músicos mandaram sua música com a esperança dele pelo comentar, elogiar ou criticar (no meu caso queria ver se estou no caminho certo) porém com certeza a maioria (como eu) se frustrou. Uma vez um amigo meu que tocava numa banda famosa e era amigo de um chefão de uma grande gravadora me falou que o cara da gravadora chegava a escutar mais de 1000 gravações ao dia e não sabia o que escolher pois muita coisa soava igual, por isso então sempre parto de um princípio que a maioria dos grandes produtores defende: você deve oferecer um produto novo ao mercado ou pelo menos reinventar um. A maioria das pessoas vai te falar em grana, jabá, oportunidades, conhecer as pessoas certas e etc... Porém quem quiser participar na “loteria dos sonhos” a única regra é criar e mostrar. Não sei se ainda existe empresários como nos filmes que vêem uma banda ou um cantor acham espetacular e o leva para o sucesso, particularmente não acredito nisso mas ainda acredito que uma música diferente ou reinventada sempre chama atenção. Muita gente se apavorou ao ver a quantidade de acesso de Mike Mosqueiro uma pessoa que “brinca de ser músico” e o mesmo Aconteceu a mesma coisa a uns 2 anos atrás com Hélio dos passos. É uma coisa fora totalmente da concepção musical pra quem é músico, mas para o público é algo diferente e o que é diferente sempre interessa alguém. Na minha opinião pessoal das bandas que apareceram ano passado na “grande mídia” pra mim a Banda Cine foi uma coisa legal de ouvir pois adoro essa mistura de sintetizador/guitarra distorcida e voz, e pelo jeito o público anda aprovando também.
A vida é injusta com a maioria dos músicos, pra ter uma idéia de todos os músicos que existem no mundo, se o mundo tivesse 100 músicos apenas 2 fariam sucesso e não digo isso pra te desanimar eu digo para te incentivar pois há um ditado que nós gaúchos sempre falamos: “não ta morto quem peleia” isso quer dizer: “não está morto quem ainda luta!”. Lembre-se: o mundo sempre será hostil a novas idéias, mas sempre aparece quem as defende.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acreditamos sempre na liberdade de expressão e na troca de ideias!
Por favor pense antes de comentar!
Se está com alguma dificuldade coloque o e-mail para podemos responder com mais clareza! Abraços! Ótimas Gravações!